Plano de urbanização de Vila Franca de Xira

Ações disponíveis

Ações disponíveis ao leitor

Representação digital

Plano de urbanização de Vila Franca de Xira

Consultar no telemóvel

Código QR do registo

Partilhar

 

Plano de urbanização de Vila Franca de Xira

Detalhes do registo

Nível de descrição

Documento simples   Documento simples

Código de referência

PT/MVFX-ARQ/AESP/DAAU/00004

Tipo de título

Formal

Título

Plano de urbanização de Vila Franca de Xira

Datas de produção

1946-10-01  a  1948-10-01 

Dimensão e suporte

1 doc. (1 f., 885 x 1299 mm); papel vegetal.

Autor intelectual

Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadeRosa, Miguel Simões Jacobetty. 1901-1970, aquiteto MSJR Autor
Registo de autoridadeCosta, João Guilherme Faria da. 1906-1971, aquiteto JGFC Autor

Âmbito e conteúdo

Cópia do plano de urbanização de Vila Franca de Xira de 1946 desenhado pelos arquitetos Miguel Simões Jacobetty Rosa e João Guilherme Faria da Costa à escala 1:2000.De acordo com o artigo Marat-Mendes, J.C. et al. (2020) que destaca e compara dois planos de urbanização da década de 1940: o de Vila Franca de Xira (1946) de Miguel Jacobetty e Faria da Costa e o de Palmela (1948) de João António Aguiar, «O plano buscava controlar o crescimento populacional e garantir condições sanitárias e de mobilidade. É desenhado um sistema de uso do solo, com seis categorias: primeiro uma área pré-existente de habitação coletiva e comércio; uma segunda com proposta de extensão urbana com habitação e equipamentos; um terceiro com moradias isoladas pobres; uma quarta com área residencial planejada; um quinto para a indústria e um sexto para o mercado planejado e área de esportes (Jacobetty & Costa, 1946a). Fisicamente, este plano mantém o assentamento orgânico original, introduzindo duas novas avenidas ortogonais com edifícios simbólicos e uma praça, maior do que as praças preexistentes. A extensão planejada se estende para o norte com três zonas principais: uma com moradias isoladas, outra com edifícios residenciais coletivos e a terceira com instalações desportivas, incluindo uma nova arena de corrida de touros. Está localizada em uma planície de inundação com grande potencial produtivo. Embora o tipo de moradia preferencial seja a casa unifamiliar, o plano inclui moradia coletiva limitada a quatro andares residenciais (Jacobetty & Costa, 1946b). Uma zona rural é definida, mas não regulamentada, na periferia. Este plano foi aprovado como foreplan, mas não foi implementado. O antigo assentamento mudou, mas diferentemente deste plano. A extensão principal não foi construída, e um novo núcleo residencial brotou no leste, não no norte do núcleo original. As demolições previstas não aconteceram, e a nova área de desportos permaneceu rural até muito recentemente, quando uma próxima urbanização foi aprovada".

Idioma e escrita

Português

Características físicas e requisitos técnicos

Bom estado de conservação.

Unidades de descrição relacionadas

Arquivo Municipal de Vila Franca de Xira, Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Planos diretores e de urbanização, Parecer n.º 1893 do Conselho Superior de Obras Públicas referente ao anteplano de urbanização de Vila Franca de Xira (L/A.002)Arquivo Municipal de Vila Franca de Xira, Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Atas das reuniões da Câmara Municipal, Ata de 7 de setembro de 1948 (cód. ref.ª: PT/MVFX-ARQ/AAL/CMVFX/B-A/003-1948/00019)PT/MVFX-ARQ/AESP/AVVFX/G/003/00002

Notas de publicação

Referência bibliográficaT. Marat-Mendes, J.C. Borges, S.S. Lopes, M.M. Pereira - Where the fields have no name: Urban-rural transitions in the Lisbon Region planning history. “Cidades, Comunidades e Territórios”. 41 (Dec/2020) 105-132. Acessível em https://revistas.rcaap.pt/cct/article/view/20497 .

Notas

Junto conservam-se mais duas cópias do documento, uma executada em sistema de plotagem em película indeformável (Reprolar) com as dimensões 838 x 1280 mm e outra em papel com 857 x 1334 mm.

Relações com registos de autoridade

Relações com registos de autoridade
Registo Código Tipo de relação Datas da relação
Registo de autoridadeCosta, João Guilherme Faria da. 1906-1971, aquiteto JGFC Autor intelectual
Registo de autoridadeRosa, Miguel Simões Jacobetty. 1901-1970, aquiteto MSJR Autor intelectual